Meio Ambiente ONGs Responsabilidade Social

ONG elimina lixeira viciada e realiza ações de educação ambiental no Jardim Felicidade

Por Joyce Batista

 

A preocupação com o meio ambiente e com a limpeza de ruas e avenidas uniu parte da comunidade do bairro Jardim Felicidade I, na zona norte de Macapá. Através do trabalho da ONG Soldadinho Verde, dezenas de pessoas estão aprendendo a dar um novo destino ao seu próprio lixo e a ter mais cuidado com a natureza.

O trabalho da ONG nasceu em 2016 como um projeto em uma escola de educação infantil, quando uma lixeira viciada que existia há muitos anos foi eliminada da lateral da Feira do Produtor do bairro. Mesmo com o importante trabalho, os voluntários perceberam que era necessário algo mais complexo para conscientizar a comunidade.

“Depois da nossa limpeza, a gente viu que a comunidade não assumiu a responsabilidade de cuidar do espaço, a lixeira voltou a crescer numa velocidade incrível e ficou até bem maior do que já era; foi quando surgiu a ideia de voltarmos a conversar com os moradores e montarmos a ONG”, afirmou Stelcia Costa Magyar, professora de 52 anos e uma das voluntárias da ONG.

O espaço foi novamente limpo e mudas de árvores foram plantadas. Desde então, o que antes era um amontoado de lixo tornou-se um “ponto verde” do projeto. A iniciativa conseguiu ainda a parceria da Associação de Moradores do bairro Jardim Felicidade para intensificar seu trabalho, através da realização de caminhadas e divulgação de informações sobre coleta de lixo e cuidado com o meio ambiente.

Com oficinas de aproveitamento de paletes, caixotes, garrafas pet e outros materiais que quase sempre acabam na lixeira, a comunidade – desde crianças até idosos – está tendo a oportunidade de aprender técnicas para colocar os três R’s (reduzir, reutilizar e reciclar) em prática. As atividades realizadas na sede da Associação também incentivaram alguns moradores a instalarem lixeiras em frente às suas casas, algo raro em algumas ruas do bairro.

“Nossa maior dificuldade é envolver a comunidade, pois falta a consciência ambiental, mas nós não desistimos, pois sabemos que quando fazemos esse trabalho de educação ambiental, nós estamos contribuindo não só para o nosso bairro, mas para toda a sociedade. Tudo o que se aprende aqui, as pessoas reaplicam em casa, principalmente as crianças, que incentivam e ensinam o restante da família”, frisou Stelcia.

Dificuldades financeiras

O trabalho da ONG Soldadinho Verde é realizado somente no bairro Jardim Felicidade por falta de recursos para alcançar outras localidades. Por isso, a iniciativa é aberta a doações e ao voluntariado. “O nosso projeto foi criado para alcançar todos os bairros e quem sabe os municípios também, pois é uma preocupação mundial”, acrescentou a voluntária.

Corrida Verde

A ONG também está organizando a “Corrida Verde”, em parceria com a escola que criou o projeto, visando a arrecadação de recursos. A corrida que acontece no próximo dia 30 de junho, irá destinar 50% de todo o valor arrecadado para a iniciativa. O evento esportivo tem caráter inclusivo, dando oportunidade a todas as pessoas, independente de suas limitações físicas e/ou mentais.

As inscrições podem ser efetuadas até 25 de junho no site minhasinscricoes.com.br, na loja  Real Peças (Rua Leopoldo Machado, nº 775 – Beirol ou no Colégio Magyar (Av. Geribá de Azevedo Costa, nº 431 – Jardim I).  A taxa de inscrição está no valor de R$ 50, dando direito a um kit com viseira, camisa e número de inscrição. Todos os participantes serão premiados com uma medalha de participação e/ou valores em dinheiro.

Contato

Telefone: (96) 99153-2247/98141-7406

Facebook: https://www.facebook.com/soldadinhoverde/

error: Conteúdo Protegido!!