Inspiração Voluntariado

Em Macapá, oficinas de artesanato ajudam a combater solidão na terceira idade

Por Joyce Batista

Em Macapá, amigas de longa data decidiram usar suas habilidades para criar um projeto social que amparasse recreativamente os idosos. Intitulada “Sol Lindão”, a iniciativa foi criada há pouco mais de um mês para realizar oficinas gratuitas de artesanato, como forma de entreter e criar uma ocupação para a terceira idade.

O projeto surgiu quando Eliene Ramos Cantuária, uma servidora pública de 48 anos, percebeu que sua mãe e outros idosos de sua convivência estão ficando cada vez mais sozinhos e deprimidos em seus lares, por falta de companhia ou ocupação. Ao comentar a inquietação com a irmã Eloane Cantuária e as amigas Waldinane Santos e Alinne Azevedo, elas perceberam que podiam ajudar.

Eliene e as alunas na primeira oficina do projeto

“A gente pesquisou sobre iniciativas que pudessem ajudar e vimos que o artesanato traz muitos benefícios, principalmente porque as atividades manuais mexem com o cérebro e a memória. A intenção também é incentivar a interação através de rodas de conversa, fazendo com que as pessoas se sintam não só úteis, mas queridas”, afirmou Eliene.

Desde o mês de abril, as oficinas acontecem pelo menos uma vez por semana, normalmente aos sábados, na garagem da casa da mãe de Eliene, no centro da cidade. Por conta do espaço, cada aula possui um limite de 10 alunos.

Algumas das peças produzidas

As aulas são sempre ministradas por artesãos locais, que repassam técnicas acessíveis aos idosos. Todos os materiais utilizados são arrecadados e disponibilizados para que os participantes não tenham que arcar com nenhum custo.

Segundo Doralina da Silva Ramos, aposentada de 73 anos que inspirou a criação do projeto, a iniciativa é de grande ajuda.

“A pessoa com mais idade, depois que a gente se aposenta, fica muito ociosa, sem fazer nada e até se isola. Então, eu diria para os idosos que procurem um projeto como esse que ajuda muito, porque a gente tem contato uns com outros e pode renovar os conhecimentos com os mais jovens”, disse.

Doralina, mãe de uma das criadoras do projeto

Apesar de ter sido criado para lidar com a solidão na velhice, a iniciativa recebe pessoas de todas as idades para que descubram suas habilidades e se capacitem, podendo vir a se tornar uma oficineira no futuro, dando continuidade a essa corrente do bem.

Você também pode ajudar

O Sol Lindão é uma iniciativa independente que nasceu e sobrevive da contribuição das pessoas. Por isso, o projeto é aberto à doação de retalhos de tecidos, tesouras, linhas e agulhas, cola, entre outros materiais utilizados no artesanato.

A iniciativa amapaense utiliza oficinas de artesanato para combater solidão na terceira idade

A iniciativa também procura um espaço mais amplo para a realização das aulas, para que mais pessoas sejam alcançadas em mais oficinas.

Para saber como doar, basta entrar em contato com as coordenadoras através dos telefones (96) 98111-5644/98119-1158.

error: Conteúdo Protegido!!