Campanhas Solidariedade Voluntariado

Projeto pede doações para realizar a Páscoa de crianças em Macapá e Ferreira Gomes

Por Joyce Batista

Os 77 voluntários do projeto social “Formas de Amar” não querem que as crianças da comunidade do Ariri, em Ferreira Gomes, e do bairro Perpétuo Socorro, em Macapá, fiquem sem as guloseimas tão sonhadas do período de Páscoa. Por isso, a iniciativa pede doações para animar o período da criançada, que por conta da condição social e financeira de suas famílias, é privada de pequenas alegrias como essa.

Para a confecção dos brindes, o projeto está arrecadando barras de chocolate, suporte médio para ovos de páscoa, papel celofane (rosa e azul), fitilho (de qualquer cor) e papel alumínio. Além disso, a iniciativa pensou em alavancar as doações através de um incentivo diferenciado: uma parceria com um salão da capital que proporciona a troca de barras de chocolate por serviços do estabelecimento.

A meta é ter chocolate suficiente para os ovos de cerca de 200 crianças das localidades citadas, mas caso a arrecadação seja maior – o que todos esperamos -, outra comunidade carente pode ser beneficiada com a Páscoa Solidária do “Formas de Amar”. A entrega dos ovos será realizada juntamente com uma programação especial, em datas que ainda serão definidas.

“O nosso trabalho é importante porque proporcionamos a inclusão social e através dessas programações, dessas atividades, a gente consegue amenizar um pouco essa situação”, contou o voluntário Tom Soares Tavares, de 25 anos.

Para ajudar, basta entrar em contato com o projeto através do telefone (96) 98139-3689.

“As pessoas que queiram somar conosco e participar do projeto estão convidadas a se juntar. Quanto mais pessoas dispostas a ajudar, mais resultados nós vamos obter. O projeto é muito dinâmico, então você pode ajudar brincando com as crianças, produzindo algo e de outras diversas maneiras. O único critério é ter vontade”, disse Tom Soares.

O projeto

O projeto Formas de Amar foi criado em 2017, por 18 amigos que realizavam ações sociais de forma independente e um dia resolveram se juntar, pois tinham em comum o desejo de fazer o bem à sociedade.

Todo mês, são realizadas três ações em bairros periféricos, abrigos ou comunidades do interior, onde acontecem doações de roupas e alimentos, além de programações voltadas ao bem-estar social.

“O nosso propósito é levar a alegria ao próximo de uma maneira estruturada. Além de doação, levamos programações como brincadeiras, danças, cultura e também atendemos em situações de calamidade e situação de vulnerabilidade social”, afirmou Tom.

Segundo os voluntários do projeto, os benefícios de fazer parte da iniciativa não se limitam apenas às pessoas alcançadas.

“O “Formas de Amar” me ajudou a descobrir esse amor pelo voluntariado e está sendo maravilhoso ver as crianças e as pessoas felizes. É gratificante e recompensador porque a gente vê que estamos fazendo o bem. A recompensa maior é de fazer essas pessoas felizes e de estar compartilhando os momentos”, disse Brenda Alves de Brito, uma voluntária de 24 anos,

Mais informações

Facebook: facebook.com/formasdeamarmacapa/

Instagram: @formasdeamarmacapa

Twitter: @FormasDeAmarMcp

error: Conteúdo Protegido!!