Esporte

Time gay de futebol dribla a discriminação em Macapá  

Por Joyce Batista

Uma equipe de futebol vem chutando o preconceito pra escanteio há pouco mais de um ano como o primeiro time formado apenas por homossexuais na capital amapaense. Além de conscientizar a sociedade e lutar contra a homofobia, o time intitulado “Sereias da Areia” proporciona a prática do esporte com liberdade e respeito.

A ideia de montar a equipe surgiu com o objetivo de oportunizar aos gays o acesso a um esporte historicamente associado apenas à heterossexuais, além de mostrar para a sociedade que o futebol pode ser praticado por todos que quiserem.

Líder da equipe, Suendrson Negrão

“O objetivo da equipe é mostrar à sociedade, à população amapaense que gay não é só para maquiar, fazer cabelo e trabalhar no salão (pode ser também!), mas ele também pode participar de modalidades esportivas. A nossa orientação sexual não nos diferencia de ninguém e gays têm sim todo o direito de praticar qualquer tipo de esporte, incluindo o futebol”, afirmou o líder da equipe, Suendrson Negrão, de 27 anos.

O time é composto por 18 homens entre 20 e 27 anos, que finalmente estão podendo resgatar a prática esportiva abandonada na infância ou adolescência por conta da discriminação.

“É uma honra fazer parte do time no qual eu sou capitão e jogar numa modalidade como o futebol, mostrando que nós também temos vez no esporte. A gente joga também para incentivar as pessoas que estão com autoestima baixa, para que entrem no time e lutem por uma sociedade mais livre”, disse o integrante da equipe Thierry Vales, de 21 anos.

Além do lazer

Os treinos acontecem na arena do bairro Pantanal, na zona norte de Macapá, e apesar de ter nascido apenas para fins recreativos, a equipe já começa a enfrentar pequenos torneios dentro da cidade.

Nesta sexta-feira, 8, o primeiro desafio das Sereias da Areia foi contra a equipe sub 16 da CAP, em um jogo que aconteceu no mesmo bairro.

Também quer entrar para esse time?

O grupo é aberto a homens gays de qualquer idade que se comprometam a comparecer nos treinos da equipe. Para participar, basta entrar em contato com o líder do Sereias da Areia através do telefone (96) 99177-2815.

Marcelle Nunes

Jornalista, amapaense, irmãe, sagitariana com ascendente em gêmeos e - talvez por isso - naturalmente faladeira.

Adicionar Comentário

clique aqui para adicionar comentário

error: Conteúdo Protegido!!