Agenda Cultural Solidariedade

Jornalistas se unem em prol do tratamento contra o câncer do colega Edson Cardozo

 Por Joyce Batista

Para ajudar no tratamento de um colega e amigo, dezenas de jornalistas, através do sindicato da categoria no Amapá, se unem em uma corrente solidária. A união é em benefício de Edson Cardozo, que há cerca de três anos luta contra um câncer no intestino.

Cardozo lutra contra um câncer no intestino

O tratamento oncológico é caro e vem trazendo dificuldades financeiras à família. Somente a parcela do plano de saúde custa R$ 5 mil e está atrasada há três meses. Além disso, Edson precisa de polivitamínicos e de uma alimentação balanceada, o que também acaba pesando bastante no orçamento.

Visando colaborar com essas despesas e garantir a conclusão do tratamento, o “Bingo Amigo” será realizado às 10h do próximo dia 17(domingo), no Clube da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar (ASS), na Rodovia JK, com o sorteio de 10 grandes prêmios e diversas atrações musicais.

Além do bingo, a programação conta com leilões e venda de comidas e bebidas para a arrecadação de recursos. A expectativa é conseguir entre R$ 20 mil e R$ 25 mil, quantia necessária para as despesas do momento.

“Nós sempre ajudamos nas rifas que ele (Edson) faz junto com a família e a igreja, só que diante do acúmulo das dívidas junto ao plano de saúde, surgiu a ideia e a necessidade de fazer algo maior para conseguir o recurso e pagar as dívidas em atraso e ainda conseguir terminar de pagar o tratamento”, disse Ariele Martins, jornalista e membro da coordenação do evento.

Solidariedade

Todo o evento está sendo realizado através de doações e voluntariado de diversas pessoas e instituições, mas principalmente com o apoio de jornalistas. “A nossa categoria é muito grande, mas somos muito distantes. Então, está sendo muito gratificante a promoção dessa união em benefício de um colega”, conta Ariele.

 A união dos profissionais também surpreendeu e alegrou Edson Cardozo, considerado um jornalista amapaense da “velha guarda” por seus muitos anos no mercado de trabalho amapaense. 

Edson, com a filha Adria e a neta Ana Luiza

Realmente tem sido muito difícil essa questão financeira, o tratamento é muito caro e eles estão fazendo isso por mim. Eu agradeço imensamente. Eu não tenho como pagar isso nunca, mas eu peço para que Deus pague tudo isso que eles estão fazendo por mim. Essa união é imprescindível para que eu possa continuar o tratamento”, disse Edson.

Vendas

As cartelas estão sendo vendidas ao preço de R$ 5 reais em postos de vendas espalhados pela capital. São eles: Sorveteria Jesus de Nazaré, Kit Foto, Banca do Dorimar, Palácio dos esportes, Academia Oxigênio e as Secretarias de Comunicação e de Trabalho do Estado do Amapá.

Além disso, um plantão de vendas acontecerá neste domingo, 10, no Parque do Forte, entre 16h e 20h.

Quem ainda quiser contribuir de alguma forma com a programação, pode entrar em contato através dos telefones (96) 98111-5260 ou 99181-7669.

 

Marcelle Nunes

Jornalista, amapaense, irmãe, sagitariana com ascendente em gêmeos e - talvez por isso - naturalmente faladeira.

Adicionar Comentário

clique aqui para adicionar comentário

error: Conteúdo Protegido!!