Solidariedade

Em Macapá, jovem ajuda crianças carentes na volta às aulas  

 

Por Joyce Batista

Elessandro dos Santos Cardoso, um jovem tapeceiro de 28 anos, decidiu proporcionar um período de volta às aulas com mais dignidade para crianças de baixa renda, diminuindo a tensão de ter um gasto a mais na vida de quem não tem muito. Criado há poucos dias, o projeto “Doar Faz Bem” já garantiu a doação de algumas mochilas e pretende fazer a felicidade de mais famílias em Macapá.

Tudo começou há algumas semanas, quando Elessandro se deparou com uma criança levando seu material escolar em uma sacola plástica.  O coração de pai logo se entristeceu e ele percebeu que algo precisava ser feito.

“Eu estava em uma panificadora com minhas duas filhas e vi uma menina de uns 8 anos na rua com uma sacola na mão. Não sei porque, mas fiquei curioso e perguntei o que tinha na sacola e ela disse que era o material escolar. Aquilo doeu no meu coração. Rapidamente eu fui em casa e peguei a mochila da minha filha que já estuda e dei para essa menina. Ela saiu muito feliz e aquilo sinceramente não tem nem explicação”, contou.

Elessandro dividiu o acontecimento com sua irmã, que logo lhe deu outras duas mochilas, que eram de suas filhas, para doar a quem precisasse. Os objetos logo encontraram novos donos através de uma rede social, e ele recebeu o apoio de mais alguns amigos nessa causa. Foi então que a ideia de criar o projeto de doações surgiu.

O jovem usou as redes sociais para ampliar seu projeto de fazer o bem

A iniciativa ainda está se estruturando, mas a ideia é selecionar as pessoas que irão ser beneficiadas, garantindo que os produtos serão destinados a quem realmente precisa.

“A gente recebe as doações e seleciona as pessoas porque já aconteceu de aparecer quem não precisa. Depois, queremos fazer um tipo de cadastro para acompanhar as famílias. Eu estou fazendo isso devagar porque trabalho o dia inteiro e não tenho muito tempo, por isso estamos precisando de mais pessoas”, disse Elessandro.

Ajude essa causa

Apesar de ter iniciado com o propósito de doar material escolar, o projeto tem recebido diversas demandas que vão desde a necessidade de roupas e calçados a medicamentos. Por isso, a iniciativa precisa de cada vez mais pessoas engajadas com a solidariedade, seja para doar ou ajudar no trabalho voluntário.

“Doar faz bem, como o nome do nosso projeto diz. Doar de coração é um ato muito bom e leva paz, tranquilidade e felicidade para as pessoas que precisam. O que para a gente é pouco, para quem precisa é muito. A gente espera ter mais apoio daqui para frente, estamos procurando parcerias porque os amigos ajudam, mas ainda não é suficiente para atender a demanda que chega”, disse Elessandro.

Quer ajudar?

Para conhecer, fazer parte ou ajudar o projeto “Doar Faz Bem” de alguma forma, basta entrar em contato com o seu idealizador, através do telefone (96) 99105-8303 ou procurá-lo na Tapeçaria El Shaday, localizada na Rua Hildemar Mais, quase de esquina com a Av. 13 de Setembro, no Buritizal. Existe ainda um grupo do projeto no Whatsapp, onde é possível entrar através do link: chat.whatsapp.com/CyHrMQU6kho0askiHV9yEJ.

error: Conteúdo Protegido!!